fbpx

Saiba quais os ativos mais negociados por brasileiros nos EUA em abril

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print
Ativos
Foto: Pixabay

O mês de abril não foi fácil para os investidores de Bolsa. No Ibovespa, a pressão da alta dos juros no Brasil e nos Estados Unidos somada ao receio causado pelos lockdowns na China fez o índice desabar 10,1% no acumulado do mês – o pior resultado mensal desde março de 2020.

No exterior, as principais Bolsas também acentuaram as quedas de 2022, com uma série de fatores globais aumentando a aversão ao risco no mercado financeiro.

Contrariando o cenário conturbado, porém, os brasileiros que investem em Wall Street estiveram mais tolerantes ao risco. Se em março eles estavam atrás de investimentos em valor, em abril as atenções se voltaram para as penny stocks.

É o que mostra o ranking de Ações e ETFs (Exchange Traded Fund) mais negociados por brasileiros elaborado pela Stake.

Conhecidas por serem ações de baixo valor de mercado, as penny stocks levam esse nome em referência à moeda de um centavo nos Estados Unidos. No mercado do país, são consideradas penny stocks aqueles ativos cotados abaixo de US$5.

Por serem muito baratas, essas Ações têm possibilidades de retornos maiores do que as blue chips e costumam atrair muitos investidores. Essa mesma volatilidade, porém, faz com que esse seja um investimento de maior risco, já que os ativos podem se desvalorizar muito facilmente.

Os dados mostram que, dos 10 ativos mais comprados e vendidos por brasileiros no exterior no último mês, apenas duas não são penny stocks: o McDonald’s e a rede varejista Costco.

Para a Stake, o crescimento robusto de vendas internacionais da rede de fast food pode ter atraído a atenção de compradores dos papéis. No caso da Costco, o cenário inflacionário pode ter ajudado, uma vez que o setor de atacarejo consegue repassar custos para seus consumidores, funcionando como uma boa proteção para a carteira em um momento de inflação alta.

Entre os ativos mais comprados, estão Ações da transportadora Yellow Corporation, da empresa de biotecnologia Greenwich LifeSciences, e o FIIs Omega Healthcare Investors.

As Ações e ETFs mais vendidos por brasileiros em abril também foram ativos baratos: a farmacêutica Clearside Biomedical, a Ring Energy (setor de gás e óleo), Ginkgo Bioworks (indústria química);  Joby Aviation (empresa de táxi aéreo), e BEST (frete e logística) estão no top 5.

“A forte presença de movimentações em penny stocks é preocupante, pois geralmente são companhias que se encontram em situações extremamente delicadas e, se oferecem potenciais de valorizações exponenciais, na maioria das vezes as Ações passam por grandes desvalorizações, deixando os investidores no prejuízo” destaca a Stake.

Confira abaixo as Ações mais compradas e vendidas por brasileiros na Stake no mês de abril.

Ações mais compradas:

  • Yellow Corporation (YELL)
  • McDonald’s Corporation (MCD)
  • Greenwich LifeSciences, Inc (GLSI)
  • Costco Wholesale Corporation (COST)
  • Omega Healthcare Investors, Inc (OHI)

Ações mais vendidas:

  • Clearside Biomedical, Inc (CLSD)
  • Ring Energy, Inc (REI)
  • Ginkgo Bioworks Holdings, Inc (DNA)
  • Joby Aviation, Inc (JOBY)
  • BEST Inc (BEST)

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Conheça a empresa JHSF
Além do setor imobiliário tradicional, que a maioria conhece, existe no mercado o ramo de alta renda,...
BlackRock: as 4 tendências que podem fazer o mercado de ETFs triplicar
A indústria global de ETFs (Exchange Traded Funds) está a caminho de triplicar de tamanho. Se há vinte...
Ensaio sobre a aleatoriedade
Um discurso sobre o comportamento do investidor através da literatura José Saramago se tornou um grande...
O que os jogos eletrônicos e os investimentos têm em comum?
Candy Crush, FarmVille, GTA (Grand Theft Auto), Call of Duty, provavelmente você já ouviu falar desses...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados