fbpx

B3 registra R$5,1 bilhões em contratos de criptoativos no 1° tri

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print
Criptoativos
Foto: Pixabay

A B3 registrou 42 mil contratos atrelados a criptoativos no 1° trimestre de 2022, o que corresponde a um volume financeiro de R$ 5,1 bilhões. Segundo a Bolsa, os investidores Pessoa Física foram responsáveis por 90% desse montante.

Entre os principais ativos negociados, os ETFs (Fundos de índice) se destacam. O mais popular deles foi o HASH11, que replica o Nasdaq Crypto Index e busca refletir globalmente o mercado de criptos. A aplicação foi responsável por 96% das operações realizadas entre janeiro e março deste ano.

Além deste, também foram transacionados o BITH11, QBTC11 e ETHE11 – os dois primeiros vinculados ao Bitcoin e o último ao Ethereum. No momento da negociação, a maior parte dos investidores optou por opções flexíveis sem contraparte central (CCP), que corresponderam a 83% das operações atreladas a criptos no 1° trimestre do ano.

As emissões de COEs (Certificados de Operações Estruturadas) foram responsáveis por 16,8% dos contratos negociados, enquanto os contratos de swap (um tipo de derivativo) responderam por 0,2% das operações.

Otávio de Campos Emmert, gerente de produtos de derivativos de balcão e COEs da B3, ressalta que a Bolsa brasileira passou a aceitar o registro de operações de derivativos sem CCP e COE referenciadas em ativos vinculados a criptoativos em agosto de 2021, para atender à demanda crescente dos clientes.

“Esse movimento foi importante para permitir ao mercado ferramentas de gestão de risco e novas possibilidades na oferta de estruturas relacionadas aos criptoativos”, explica Emmert.

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Quanto rende R$1 milhão na poupança?
Com a taxa básica de juros a 12,75% ao ano e a inflação nas alturas, entender quanto rende R$ 1 milhão...
Conheça a empresa JHSF
Além do setor imobiliário tradicional, que a maioria conhece, existe no mercado o ramo de alta renda,...
Como a CVM pretende monitorar os influenciadores digitais de finanças
A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acompanha o mercado, as tendências e o comportamento dos atores...
BlackRock: as 4 tendências que podem fazer o mercado de ETFs triplicar
A indústria global de ETFs (Exchange Traded Funds) está a caminho de triplicar de tamanho. Se há vinte...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados