fbpx
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Índice do artigo

investimento BDR
Foto: Freepik

Investir em empresas estrangeiras pode parecer um caminho assustador e burocrático para muitas pessoas. Além disso, ainda há quem acredite não ser permitido. Como falamos no artigo “É possível investir na Bolsa de Valores americana sendo brasileiro?” investir no exterior não é um bicho de sete cabeças e sim, é possível.

Os BDRs são exemplos de uma alternativa simples de aplicação no mercado financeiro internacional. A seguir vamos explicar todo o conceito e funcionamento por trás dessa sigla.

O que é?

O BDR (Brazilian Depositary Receipt) é uma modalidade de investimento que pode ser considerada pelo investidor quando há interesse em aplicar dinheiro em empresas estrangeiras. Na teoria, são recibos que simbolizam ações emitidas por companhias do exterior. Dessa forma, apesar de serem ativos negociados e também emitidos no Brasil, estão ligados a instituições fora do país.

Como funciona?

Na maioria das vezes, o BDR possui como ativo de referência as ações emitidas por companhias estrangeiras na bolsa americana. Para serem listadas no Brasil, acontece a seguinte dinâmica: a instituição financeira brasileira que tem representação nos EUA compra os ativos lá na bolsa americana e os deixa na carteira lá mesmo. Aqui no Brasil a instituição cria um recibo que replica as variações dos ativos que foram adquiridos lá fora. Assim como os investidores brasileiros podem aplicar dinheiro em ativos listados lá fora no mercado estrangeiro, as empresas de fora do país também conseguem captar recursos no mercado brasileiro.

Vale ressaltar que investir em BDRs não é o mesmo que comprar ações. Isso porque os investidores quando adquirem um BDR estão tendo direito aos dividendos daquela companhia e não fazendo parte dela, como um sócio. Os BDR são recibos e não as ações em si.

Novamente, a emissão e negociação dos BDRs é feita pelas instituições financeiras brasileiras que são autorizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Essas instituições são conhecidas como depositária ou custodiante, encarregadas de administrar a custódia de ativos financeiros, fazendo a proteção dos títulos e ajudando a movimentação deles. Quando os ativos vão para a negociação, o ambiente usado é o da Bolsa de Valores brasileira (B3).

Tipos e níveis

De maneira geral, os BDRs são divididos em dois tipos. São eles:

1. Patrocinados

A empresa estrangeira tem vontade de lançar BDRs no Brasil, ou seja, ela possui interesse no mercado local. A partir disso, contrata uma instituição financeira brasileira para fazer a oferta de BDRs aqui. No BDR patrocinado a empresa participa de todo o processo, desde a escolha de qual será a instituição depositária, até a emissão e negociação dos ativos.

Esses tipos de Brazilian Depositary Receipt são divididos em três níveis, de acordo com a categoria de distribuição que é permitida para cada um dos investidores e do volume de informações que serão compartilhadas com eles.

1.1. Nível I

É um tipo de BDR com oferta simples e restrita a investidores específicos. As operações devem acontecer em um mercado não organizado, por meio de oferta secundário. Por exemplo, uma empresa estrangeira procura investidores específicos no Brasil sem buscar na Bolsa de Valores, pois o ativo não deve estar listado publicamente na B3. A empresa emissora do ativo não precisa fazer registro na CVM e além disso, possui limitação máxima de 50 investidores.

1.2. Nível II

Esse tipo de BDR permite que o ativo seja listado publicamente na B3, porém, com esforços restritos, ou seja, quaisquer 50 investidores (limite) podem participar. Já nesse nível, a empresa emissora do ativo precisa fazer registro na CVM.

1.3. Nível III

Esse nível oferece uma oferta pública normal, ou seja, qualquer investidor pode participar e não há limite no número deles como nos níveis I e II. A empresa emissora do ativo também precisa fazer registro na CVM.

2. Não-patrocinados

Nessa categoria, a vontade de colocar os certificados no Brasil parte da instituição depositária. Dessa forma, é uma instituição financeira brasileira que lança ações de uma empresa estrangeira e em contrapartida, faz a colocação no mercado exterior.

Vantagens

Assim como todo investimento, os BDRs possuem alguns benefícios que merecem ser pontuados. O primeiro deles é que, comparado as outras modalidades de investimentos no exterior, ele é uma das mais fáceis, porque não solicita conta em corretora estrangeira.

O segundo é que por meio dos BDRs é possível comprar ativos de grandes empresas do mercado, como a Apple, Nike, Microsoft, Coca-Cola e outras, sem sair do Brasil. E mesmo sendo um investimento “internacional” é negociado com a moeda brasileira, o real. Isso elimina taxas e muitas burocracias.

Conclusão

O Brazilian Depositary Receipt é um caminho possível para diversificar a carteira e ampliar os horizontes do investidor que quer aplicar o capital em ativos estrangeiros. Ainda tem dúvidas? Consulte um assessor de investimentos.

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Conheça a empresa Portobello
Independente da época, construções estão sempre acontecendo ao redor do mundo. Prédios são levantados,...
IPOs cancelados em 2022 chegam a 12 com desistência de Madero e Ish Tech
Madero e ISH Tech são as mais recentes empresas a desistirem dos planos de abrir capital na Bolsa de...
Conheça a empresa Unipar
Indústrias responsáveis por produzir insumos para diversos segmentos econômicos são indispensáveis para...
IPO: o que esperar para 2022
A Bolsa de Valores fechou o ano de 2021 com 52 ofertas de IPO, que gerou a captação de mais de 54 bilhões...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados