fbpx

Boletim Focus: Inflação medida pelo IPCA para 2021 sobe para 8,45%

Índice do artigo
Boletim Focus: Inflação medida pelo IPCA para 2021 sobe para 8,45%
Foto: Freepik

A projeção do mercado financeiro para a inflação em 2021 se distanciou ainda mais do teto da meta perseguida pelo Banco Central (BC). Os economistas elevaram a previsão para o IPCA – o índice oficial de preços – este ano pela 25ª semana seguida, conforme o Relatório de Mercado Focus, de alta de 8,35% para 8,45%.

Há um mês, estava em 7,27%. A projeção para o índice em 2022 foi de 4,10% para 4,12%, décimo aumento consecutivo. Quatro semanas atrás, estava em 3,95%.

Considerando apenas as 63 respostas nos últimos cinco dias úteis, a projeção para o IPCA de 2021 passou de 8,40% para 8,52%. Para 2022, foram feitas 61 atualizações nos últimos cinco dias, com a estimativa subindo de 4,10% para 4,14%.

O relatório Focus trouxe ainda a expectativa para o IPCA em 2023, que seguiu em 3,25%. No caso de 2024, a previsão permaneceu em 3,00%. Há quatro semanas, essas projeções eram de 3,25% e 3,00%, respectivamente.

A projeção dos economistas para a inflação segue bem acima do teto da meta de 2021, de 5,25%. O centro da meta para o ano é de 3,75%, sendo que a margem de tolerância é de 1,5 ponto (de 2,25% a 5,25%).

A meta de 2022 é de 3,50%, com margem de 1,5 ponto (de 2,00% a 5,00%), enquanto o parâmetro para 2023 é de inflação de 3,25%, com margem de 1,5 ponto (de 1,75% a 4,75%). Já para 2024 a meta é de 3,00%, com margem de 1,5 ponto (de 1,5% para 4,5%).

 

Selic

Após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de setembro, os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic (a taxa básica da economia) no fim de 2021, em 8,25%, segundo o Relatório de Mercado Focus. Há um mês, estava em 7,50%. Da mesma forma, a projeção para o fim de 2022 continuou em 8,50% ao ano, ante 7,50% de um mês antes.

 

PIB, Câmbio e IGP-M

O relatório mostrou manutenção da mediana para Produto Interno Bruto (PIB) de 2021, mas a quarta redução consecutiva na estimativa de expansão econômica de 2022.

A expectativa de crescimento para a economia este ano permaneceu em 5,04%. Há quatro semanas, a estimativa era de alta de 5,22%. Para 2022, a previsão de expansão do PIB passou de 1,63% para 1,57%. Quatro semanas atrás, estava em 2,00%.

O cenário da moeda norte-americana em 2021 permaneceu. A mediana das expectativas para o câmbio no fim de período permaneceu em R$ 5,20, ante R$ 5,15 de um mês atrás. Para 2022, a projeção para o câmbio passou de R$ 5,23 para R$ 5,24, de R$ 5,20 há quatro semanas.

A mediana das projeções do Índices Gerais de Preços – Mercado (IGP-M) de 2021 cedeu de alta de 18,21% para 18,18%. Há um mês, estava em 19,65%. No caso de 2022, o IGP-M projetado seguiu em alta de 5,00%, ante 4,91% de um mês atrás.

Quer saber mais sobre investimentos?

Compartilhar:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia mais

Posts Relacionados