fbpx
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice do artigo

Arezzo
Foto: Divulgação/Internet

Calçados e acessórios são febres entre o público feminino, e há quem diga que o ponto fraco delas esteja nesses objetos.

Dessa forma, diversas companhias ficam encarregadas de tocar a venda de produtos como esses pelo país e uma delas é a Arezzo. A empresa possui uma longa caminhada dentro desse mercado e está listada na Bolsa de Valores brasileira.

Pensando nisso, neste artigo, o foco será inteiramente na Arezzo. Confira!

Histórico da companhia

A Arezzo Indústria e Comércio S.A. é uma companhia de varejo cuja atuação está no ramo de calçados, bolsas e acessórios femininos. Mas a empresa não possui apenas essa marca, na verdade, outras cinco também fazem parte, como a Schutz, Alme, Anacapri, Fiever e Alexandre Birman.

Vale dizer que todas elas, além de possuírem um local físico para suas vendas, também possuem e-commerce.

Atualmente, a rede de franquias Arezzo detém um número superior a 356 lojas espalhadas por 180 municípios e marca presença em todos os estados brasileiros.

Como tudo começou

A companhia teve início em 1972, fundada por Anderson Birman, na cidade de Belo Horizonte (MG). Durante toda a década de 1980, a Arezzo realizou uma espécie de verticalização na sua produção em Minas.

Já nos anos de 1990, a empresa tomou a decisão de focar seus esforços e investimentos no varejo, como resultado, abriu a primeira loja conceito em São Paulo.

É importante ressaltar que nessa época, as operações fabris próprias foram encerradas em Minas Gerais e a terceirização da produção começou a acontecer na região calçadista do Vale do Sinos, no Rio Grande do Sul.

Em 1995, nasceu a marca Schutz. Alguns anos seguintes, em 2007, houve a entrada do Fundo de Private Equity Tarpon na empresa. Posteriormente, em 2008, foi fundada a marca Anacapri. Um ano depois, em 2009, Alexandre Birman, que também criou a Schutz, projetou sua grife homônima.

2012 foi o ano em que a companhia teve a sua primeira loja aberta fora do país, com a marca Schutz em Nova Iorque. Já a marca Fiever teve início em 2015. Três anos depois, em 2018, a sexta marca do grupo foi criada, a Alme.

Ao longo dos anos, a companhia foi ganhando destaque no mercado até alcançar o marco de maior marca de varejo de calçados femininos fashion da América Latina, englobando conceito, alta qualidade e design contemporâneo.

Ações da Arezzo

Em 2011, a Arezzo passou a ter seus ativos negociados na Bolsa de Valores brasileira.

A empresa está listada na B3, no segmento Novo Mercado – setor da Bolsa em que as empresas se comprometem a adotar práticas diferenciadas de Governança Corporativa. Suas Ações ordinárias podem ser encontradas a partir do ticker ARZZ3, além de fazer parte do mercado fracionário com o código ARZZ3F.

Ações Arezzo
Em 15 de julho de 2021, a ARZZ3 atingiu a maior valorização do período, R$101,46

No gráfico acima, é possível observar que os ativos ordinários da Arezzo foram bastante voláteis no decorrer do ano de 2021 e também em 2022. Além disso, é possível observar uma baixa no valor das Ações após a valorização máxima no dia 15 de julho de 2021, R$101,46.

Atualmente, o valor dos ativos não superou o pico. No dia 07 de junho de 2022, a ARZZ3 fechou em R$75,55.

Conclusão

Com 50 anos de atuação no setor varejo, a Arezzo conseguiu se consolidar no ramo e alcançar o marco de maior marca de calçados femininos fashion da América Latina, englobando conceito, alta qualidade e design contemporâneo.

Assim como acontece com a Arezzo, qualquer outra companhia listada na B3 oferece aos investidores informações completas sobre o seu desempenho e mais outros detalhes importantes que pesam na hora de escolher qual ativo comprar. Até porque isso é um pré-requisito da Bolsa antes de autorizar a abertura de capital de alguma organização.

Ainda tem dúvidas de como investir na Bolsa de Valores? Procure uma assessoria de investimentos para entender melhor o seu perfil de investidor e te ajudar a dar o pontapé inicial na Renda Variável. Não perca tempo e comece a rentabilizar o seu capital o quanto antes.

 

Por Gabrielly Rodrigues

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Caí no golpe do PIX: e agora?
O PIX foi criado em novembro de 2020 e rapidamente caiu no gosto dos brasileiros. Mais de 1 bilhão de...
Planejamento financeiro tem de ser feito de acordo com sua realidade
As redes sociais TikTok, YouTube e Instagram invadiram a vida das pessoas. Porém, essas ferramentas e...
Inflação pessoal: entenda o impacto da inflação oficial no seu bolso
Já parou para pensar que nem sempre o impacto que sentimos no Bolso é na mesma proporção que a inflação...
Finanças para casais: saiba como ter uma vida financeira saudável a dois
Quem não fica nas nuvens ao amar e ser amado, não é mesmo? Conhecer alguém especial, começar um relacionamento...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados