fbpx
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice do artigo

Cielo
Foto: Divulgação/Cielo

Cada vez mais o dinheiro físico deixa de ser a modalidade de pagamento mais utilizada, e isso é consequência do uso frequente do pagamento eletrônico, por meio de cartões, tanto de crédito quanto de débito.

Nesse movimento, a tecnologia marcou presença possibilitando que essa forma de captura, transmissão e liquidação financeira acontecesse por meio das famosas maquininhas de cartão, que facilitam e aceleram o processo.

Com isso, diversas empresas ficam responsáveis por disponibilizar esse serviço ao público, uma delas é a Cielo. A companhia está listada na Bolsa de Valores brasileira e é a líder no segmento de pagamentos eletrônicos na América Latina.

Pensando nisso, neste artigo, o foco será inteiramente nessa empresa de capital aberto na B3. Confira!

Histórico da empresa

Fundada em 1995 como Visanet Brasil, a Cielo é uma companhia brasileira que oferece tecnologia e serviços financeiros de meios de pagamento para o varejo. Dessa forma, realiza a captura, transmissão e liquidação financeira de transações com cartões das modalidades de crédito e débito de diversas bandeiras.

Atualmente, a empresa possui uma média de 1,4 milhão de clientes ativos, desde empreendedores individuais até grandes varejistas espalhados por todo o território nacional. Com isso, marca presença em mais de 5.500 municípios brasileiros.

Sendo assim, a Cielo conta com um número superior a dois mil funcionários, além de possuir uma capacidade tecnológica para suportar seis mil vendas por segundo.

Números da Cielo

A companhia tem 6,9 bilhões de transações capturadas, o que configura 15% do consumo das famílias brasileiras. Cerca de 10% do PIB do Brasil é retido pela Cielo, um percentual equivalente ao volume financeiro arrecadado pela empresa no ano de 2016.

A partir da sua presença em mais de cinco mil municípios, isso confere uma cobertura nacional superior a 99%. Somado a isso, com o seu número de clientes, os ativos da companhia conseguem circular por diversos setores da economia nacional.

Ações da empresa Cielo

Com sociedade anônima de capital aberto na Bolsa de Valores brasileira, a Cielo é controlada pelo Banco Bradesco e Banco do Brasil. O capital social da companhia é formado exclusivamente de Ações ordinárias cujo ticker é CIEL3.

É importante dizer que os papéis da empresa estão listados no segmento de Novo Mercado – setor da B3 em que as empresas se comprometem a adotar práticas diferenciadas de Governança Corporativa.

 

Ações Cielo
Em 1º de abril de 2021, a CIEL3 atingiu a maior valorização do período, R$4,38

 

No gráfico acima, é possível observar que os ativos ordinários da Cielo foram bastante voláteis no decorrer do ano de 2021 e 2022. Também é possível observar uma baixa no valor dos Ações após a valorização máxima no dia 1º de julho de 2021, R$4,38.

Atualmente, o valor dos ativos não superou o pico, porém, permanecem próximos. No dia 22 de abril de 2022, a CIEL3 fechou em R$3,44.

Conclusão

Com pouco mais de 25 anos de atuação no mercado, a Cielo conseguiu se consolidar no ramo de tecnologia e serviços financeiros e atingir o patamar de líder no segmento de pagamentos eletrônicos na América Latina.

Assim como acontece com a Cielo, qualquer outra companhia listada na B3 oferece aos investidores informações completas sobre o seu desempenho e mais outros detalhes importantes que pesam na hora de escolher qual ativo comprar. Até porque isso é um pré-requisito da Bolsa antes de autorizar a abertura de capital de alguma organização.

Ainda tem dúvidas de como investir na Bolsa de Valores? Procure uma assessoria de investimentos para entender melhor o seu perfil de investidor e te ajudar a dar o pontapé inicial na Renda Variável. Não perca tempo e comece a rentabilizar o seu capital o quanto antes.

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Quanto rende R$1 milhão na poupança?
Com a taxa básica de juros a 12,75% ao ano e a inflação nas alturas, entender quanto rende R$ 1 milhão...
Empreendedorismo: 3 dicas para formalizar o seu negócio
Com o início da pandemia da Covid-19, iniciada em 2020, muitos brasileiros se encontraram sem seus trabalhos...
Conheça a empresa JHSF
Além do setor imobiliário tradicional, que a maioria conhece, existe no mercado o ramo de alta renda,...
Como a CVM pretende monitorar os influenciadores digitais de finanças
A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acompanha o mercado, as tendências e o comportamento dos atores...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados