fbpx
Índice do artigo

Foto: Divulgação/Petrobras

 

Algumas empresas brasileiras apresentam uma relevância tão grande no seu mercado de atuação que são conhecidas pela maioria das pessoas. A Petrobras é um exemplo dessas companhias. Isso porque a mesma tem grande importância no setor de energia no Brasil e no mundo. A multinacional é dona de refinarias, petroleiros e é distribuidora em potencial de derivados do petróleo.

Além disso, a petrolífera tem capital aberto na Bolsa de Valores brasileira e em outros três países. Descubra quais são esses locais e outros detalhes sobre a companhia, a seguir.

 

Histórico da empresa Petrobras

A Petrobras é a maior empresa de exploração e produção de petróleo do Brasil e uma das maiores do mundo. Criada em 1953 por Getúlio Vargas, na época presidente do país, a companhia tem como responsabilidade a exploração petrolífera e de gás natural em prol do Governo do Brasil (União).

Atualmente, a Petrobras é líder mundial em tecnologia para a exploração e produção de petróleo em águas profundas e ultraprofundas. A tecnologia utilizada nesse processo está em desenvolvimento desde a descoberta do pré-sal – reserva de petróleo em profundidades de 5 a 7 mil metros no oceano.

 

Como tudo começou

A fundação da Petrobras aconteceu em 3 de outubro de 1953. Alguns anos depois, em 1961, houve a criação da Refinaria de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, conhecida como REDUC. Posteriormente, 1963, surgiu o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento (Cenpes), no Rio de Janeiro. Alguns anos depois, ficou conhecido como um dos mais importantes complexos de pesquisa aplicada do mundo.

Em seguida, no ano de 1968, a Petrobras construiu a P-I – plataforma móvel de perfuração, cuja capacidade é operar em águas de até 30 metros de profundidade. A partir dela, o primeiro campo de petróleo na plataforma continental brasileira foi descoberto no mar de Sergipe, em 1969. O feito deu origem ao campo de Guaricema.

No ano de 1974, em meio à crise do petróleo, a Petrobras descobriu a Bacia de Campos – localizada na costa norte do estado do Rio de Janeiro até o sul do Espírito Santo. Posteriormente, a mesma tornou-se a maior província petrolífera do Brasil, responsável por mais de 80% da produção de petróleo no Brasil.

No século seguinte, em 2002, a companhia lançou a Gasolina Podium. O mesmo combustível utilizado nas pistas da Fórmula 1 passou a ser encontrado nos postos BR. Em 2007, houve a descoberta de petróleo e gás natural no pré-sal da costa brasileira. A conquista abriu as portas da indústria de petróleo mundial para um novo horizonte.

No ano de 2013, a produção no pré-sal alcançou a marca de 300 mil barris de petróleo por dia. Em seguida, 2016, a conquista foi ainda maior. Isso porque a Petrobras conseguiu atingir uma produção superior a 1 milhão de barris por dia. Já em 2018, exatos dez anos depois do início da produção no pré-sal, a companhia chegou ao patamar de 1,5 milhão de barris de petróleo diários.

 

Números da empresa Petrobras

A Petrobras atua em 19 países, localizados em continentes como a América do Sul, América do Norte, África, Europa e Ásia. Neles, a companhia administra a exploração do petróleo e do gás natural. Por meio de joint ventures e demais parcerias, as unidades da empresa incorporam uma avançada tecnologia, sendo referência mundial no setor energético.

Além disso, a empresa conta com mais de 60 mil colaboradores e produz, diariamente, o equivalente a 1,7 mil barris de derivados de petróleo.

 

Ações da Petrobras

A Petrobras é uma empresa de economia mista, ou seja, sua sociedade é composta pelo Estado (Governo Federal), que possui mais controle sobre o negócio, e o mercado. A mesma tem capital aberto na B3 e conta com Ações ordinárias (PETR3) e preferenciais (PETR4). Além disso, a multinacional possui ativos negociados nas bolsas de Nova Iorque, Madri e Buenos Aires.

Não há como falar sobre a companhia e não lembrar de escândalos de corrupção que vieram à tona com a Operação Lava Jato. Afinal, a gigante petrolífera teve uma perda superior a R$70 bilhões em prejuízos, de 2013 até 2018. Entretanto, a Petrobras reconhece apenas uma perda equivalente a R$6 bilhões por corrupção entre 2004 e 2012. E, somado a isso, ela também assegura que o novo modelo de governança solucionou os problemas revelados pela operação.

 

Ações Petrobras
Em 08 de janeiro de 2021, a PETR4 atingiu a melhor valorização do período – R$31,12

 

De acordo com o gráfico acima, é possível perceber que as ações preferenciais da companhia tiveram um comportamento de subida ao final do mês de outubro de 2020. Apesar da volatilidade do mercado acionário, os ativos seguiram pelo mesmo caminho e no dia 08 de janeiro de 2021 e atingiram o pico de valorização até o momento, R$31,12.

Em seguida, no dia 22 de fevereiro de 2021, a PETR4 apresentou uma queda de quase 70%, chegando ao valor de R$21,67. E, desde então, as Ações preferenciais da Petrobras seguem atingindo valores próximos ao anterior.

 

Conclusão

Há quase 70 anos no mercado, a Petrobras reúne pesquisa, refino e transporte de petróleo no Brasil. Desde a sua fundação, a companhia é líder no setor. Mesmo com a perda do monopólio no território brasileiro devido a Lei 9.478, que permitiu que outras empresas com sede no país atuassem em todas as etapas da cadeia do petróleo, a gigante petrolífera continuou no topo.

Dessa forma, ela mantém controle majoritário na cadeia produtiva de combustíveis e é uma das mais importantes companhias do setor de energia do mundo.

Ficou interessado em alocar capital em grandes empresas como a Petrobras? Procure um assessor de investimentos, ele pode te ajudar a investir com segurança e conhecimento.

Quer saber mais sobre investimentos?

Compartilhar:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia mais

Posts Relacionados