fbpx

Crimes com criptomoedas somam US$ 14 bilhões em 2021

Criptomoedas
Foto: Pexels

Os crimes envolvendo criptomoedas somaram US$ 14 bilhões em 2021, mostra o Crypto Crime Report 2022. O levantamento foi feito pela Chainalysis, a principal plataforma global de pesquisa de blockchain e criptomoedas. Houve um aumento de 79% na comparação com 2020.

Apesar do valor recorde, as transações ilícitas representam apenas 0,15% de todas as movimentações feitas em criptomoedas no ano – que somaram US$ 15,8 trilhões em 2021, um crescimento de 567% em relação a 2020.

No relatório, a Chainalysis avalia o montante de US$ 14 bilhões em atividades ilegais como um “problema significativo”. “O uso criminoso de criptomoedas cria enormes impedimentos para sua adoção contínua, aumenta a probabilidade de restrições impostas pelos governos e, o pior de tudo, vitimiza pessoas inocentes em todo o mundo”, pontua.

O Crypto Crime Report 2022 mostra que, desde 2017, US$ 33 bilhões em criptomoedas foram usadas para lavagem de dinheiro. O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime estima que, anualmente, sejam lavados entre US$ 800 bilhões e US$ 2 trilhões em criptos, valor semelhante a 5% do PIB global.

O crime mais comum na análise do relatório foi o golpe. Em 2021, US$ 7,7 bilhões em criptomoedas foram retirados das vítimas em todo o mundo. Isto representa um aumento de 81% desde 2020, ano em que a atividade de fraude havia diminuído significativamente em comparação com 2019.

O relatório também destaca a prática de Ransomware, um ataque cibernético que codifica os dados de uma pessoa ou empresa, exigindo em troca um pagamento em criptomoedas para liberar o acesso ao banco de dados. Entre 2020 e 2021, foram identificados quase US$ 692 milhões em pagamentos de resgates desse tipo.

Baseado no relatório Cryptocurrency Geography 2021, o Brasil está em 14º lugar entre 157 países em termos de adoção de criptomoedas, o quarto lugar na América Latina, atrás da Venezuela, Argentina e Colômbia.

O mesmo estudo concluiu que a região tem a sexta maior economia de criptos entre as oito analisadas, com uma movimentação de US$ 352,8 bilhões entre julho de 2020 e junho de 2021 – 9% de toda a transação global.

“O Brasil tem grande potencial no mercado de criptomoedas e blockchain. É um país que busca formas inovadoras de investimento e está atento às tendências globais. Chainalysis cria um diálogo sobre o tema e promove a educação para um mercado que está em ascensão e precisa ser cuidadosamente analisado”, afirma em nota Magdiela Núñez, Gerente de Marketing de Parceiros Globais da Chainalysis.

 

Veja mais:

Países correm para regular mercado de criptomoeda

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Expert XP 2022: o futuro pelo olhar de quem transforma
O maior evento de investimentos do mundo, a Expert XP 2022, aconteceu entre os dias 3 e 4 de agosto....
A Selic aumentou! Entenda os desdobramentos
Após 11 altas consecutivas, a Selic aumentou novamente nesta quarta-feira (3). A reunião do Comitê de...
Bitcoin e ethereum fecham julho em alta. O que esperar agora?
Ao contrário do que se imaginava, a alta dos juros nos Estados Unidos na última semana do mês de julho...
EUA entram em recessão técnica e analistas apontam riscos para o Brasil
A recessão nos Estados Unidos, sinalizada por dois trimestre consecutivos de queda do Produto Interno...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados