fbpx

Ebitda: fique por dentro desse importante indicador utilizado no mercado acionário

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice do artigo

Ebitda
Foto: Pixabay

Se você já investe na Bolsa de Valores, é bem provável que já tenha esbarrado com o termo Ebitda. Mas se você ainda não aloca parte do seu patrimônio em Ações, é bom ficar por dentro desse indicador, já que ele é muito importante e pode ser um grande aliado na hora de escolher os ativos de uma determinada companhia.

Neste artigo, você saberá o que é, como funciona e o porquê de o Ebitda ser uma peça considerável no momento de investir o seu capital em Ações. Confira!

 

O que é Ebitda?

O Ebitda é um indicador bastante usado na avaliação de companhias de capital aberto. Ele expressa o lucro de uma empresa antes de serem abatidos dos gastos em juros e impostos que a organização teve e perdeu em depreciação e amortização.

Resumindo, ele revela a saúde financeira de uma determinada instituição.

Mas como surgiu esse termo?

Ele é uma abreviação em inglês de Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization. Em português é conhecido como Lajida – Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização. Aqui é interessante a observação de que ambas as abreviações são a mesma coisa, ou seja, EBITDA = LAJIDA.

 

Como funciona o Ebitda?

Uma maneira mais simples de entender o Ebitda é pensando no funcionamento de uma empresa negociada na Bolsa de Valores.

Anualmente, toda companhia apresenta um desempenho que é definido por receitas e despesas. Mas engana-se quem pensa que os seus ganhos são provenientes apenas das vendas dos produtos e/ou serviços. Isso porque enquanto o caixa não é utilizado, ele permanece investido. Logo, seu rendimento aumenta pela remuneração que advém dos seus investimentos.

Além disso, é possível que as companhias tenham despesas em aberto, como empréstimos, por exemplo. Nesse caso, os juros também são considerados no seu balanço e, automaticamente, impactam no resultado final.

Ambos os fatores, tanto os ganhos obtidos por investimentos e os gastos com juros de empréstimos, vão influenciar no lucro líquido (ganho obtido depois de abater todos os descontos obrigatórios de uma companhia) da empresa.

É aí que o indicador entra em cena, facilitando o investidor a ter uma ideia mais clara de como as operações da empresa estão. Ele consegue perceber a sua realidade financeira, a evolução da sua competitividade e a sua eficiência ao longo dos anos.

Veja um exemplo:

Imagine uma fábrica de sapatos. Nesse caso, o Lajida possibilita que o investidor saiba o quanto essa confecção é eficiente. Por esse motivo, o indicador ganha mais uma função, que é a de servir como uma métrica da geração de caixa operacional, ou seja, a quantidade de capital que a companhia gera por meio da sua atividade base.

Uma outra utilização do indicador é a comparação entre empresas do mesmo setor, isto é, por meio dele o investidor consegue entender os resultados que as companhias possuem com as suas atividades no ramo.

 

Fórmula para o cálculo

O indicador pode ser utilizado baseado na seguinte fórmula:

EBITDA = Lucro Líquido + Juros + Impostos + Depreciação + Amortização

 

Conclusão

Para entender um pouco mais sobre as Ações, o funcionamento da Bolsa de Valores ou até mesmo sobre o fluxo de caixa e o capital de giro da sua empresa, confira nossos outros artigos. Nós falamos sobre cada um deles em especial.

Mas se ainda tiver dúvidas sobre o mercado acionário, a gente também pode te ajudar. Acesse uma planilha gratuita com os dados de todas as empresas listadas na B3, basta clicar aqui.

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Quanto rende R$1 milhão na poupança?
Com a taxa básica de juros a 12,75% ao ano e a inflação nas alturas, entender quanto rende R$ 1 milhão...
Empreendedorismo: 3 dicas para formalizar o seu negócio
Com o início da pandemia da Covid-19, iniciada em 2020, muitos brasileiros se encontraram sem seus trabalhos...
Conheça a empresa JHSF
Além do setor imobiliário tradicional, que a maioria conhece, existe no mercado o ramo de alta renda,...
Como a CVM pretende monitorar os influenciadores digitais de finanças
A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acompanha o mercado, as tendências e o comportamento dos atores...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados