fbpx

Índice do artigo

ESG diferencial ou essencial
Foto: Freepik

A palestra sobre ESG promovida pelo evento InvestSmart 2021 contou com a presença virtual da Beatriz Vergueiro, Head de Produtos ESG da XP Investimentos, e Marcos di Tullio, analista de empresas da JGP Asset Management. Ambos falaram sobre a importância da metodologia, citaram as dificuldades de avaliar os aspectos socioeconômicos e debateram a questão principal, se ESG é um diferencial ou se é essencial.

O conceito de ESG – Environmental, Social and Governance se resume a uma metodologia de análise de investimentos em que são considerados fatores socioambientais em toda a parte de diagnóstico de risco. Sendo assim, as empresas deixam de se preocupar só com o risco e retorno e começam a olhar para os impactos negativos que os ativos geram no longo prazo.

Se você quer entender melhor sobre os três pilares desse conceito, é só acessar esse artigo:

ESG: o que é e qual a sua relação com os investimentos

Vale ressaltar que a prática ESG não é passageira, pelo contrário, existe um longo caminho a percorrer. Segundo Beatriz Vergueiro, na Europa 50% das empresas já colocam em prática e estão por dentro dessas ações socioambientais. Em contrapartida, no Brasil, esse percentual fica abaixo de 1%.

Existem diversas formas de uma companhia incorporar os conceitos ESG. “Não é simplesmente por fazer o bem, não é uma questão de filantropia. ESG é uma visão estratégica dos negócios, tanto para as empresas quanto para os investidores. É entender a necessidade de avaliar as empresas e os negócios de maneira sistêmica. Ou seja, como ela impacta os seus stakeholders.”, informou Marcos di Tullio.

Exigência dos investidores com políticas ESG

De acordo com Vergueiro, os investidores estão dando um voto de confiança para as empresas que estão fazendo essa mobilização, ou iniciando no processo de se adquirir as medidas socioambientais no seu dia a dia.

“Os investidores institucionais, atualmente, possuem um processo de urgência um pouco mais maduro. Já os investidores pessoa física, seguem aprendendo sobre o conceito. Ou seja, como analisar? Qual é o tipo de ação que deve ser diagnosticada na empresa? Logo, é um processo de educação a longo prazo.”

Para di Tullio, algumas empresas já nascem com as práticas ESG no seu DNA e com isso, estão mais avançadas. Outras, seguem na tentativa de adaptá-las no seu funcionamento. Entretanto, no longo prazo, é positivo para ambas aderir ao ESG, afinal, atrai mais investidores e surgem menos problemas com regulação.

“Empresas que vão ser as vencedoras no futuro, já fazem ou farão as modificações necessárias para atender as práticas ESG.” Afirmou o analista.

Greenwashing

O termo greenwashing, que em português significa banho verde, é quando uma empresa adere as políticas ESG apenas para fins de marketing. Ou seja, na teoria ela está alinhada aos critérios socioambientais, mas na prática o conceito não se aplica.

Dessa forma, é importante entender o quão a sério a empresa está perante o tema e o nível de envolvimento da alta gestão. Marcos completa que “as decisões das empresas devem ser tomadas levando em consideração as pautas ESG. Caso contrário, se for uma área separada dentro dela, não adianta.” Além disso, é preciso acompanhar o histórico da empresa, ver se ela está evoluindo e também comparar com outras empresas do setor.

IPC – Iniciativa pelo Clima

Algumas assets fazem parte da chamada Iniciativa pelo Clima, que assegura um termo de compromisso que leva em consideração toda essa questão climática nas análises de investimentos.

Beatriz ressalta que essa iniciativa vai além dos produtos, e impacta nas oportunidades de negócios. “O crédito de carbono, por exemplo, tem um potencial enorme. Existe uma série de produtos que estão focados em resolver alguns problemas como esse e ganham espaço no mercado financeiro.” Completou a head de produtos da XP.

Novos tempos

A preocupação e o interesse dos investidores mudaram ao longo dos tempos. Dessa forma, o que eles esperam das empresas frente ao mercado acompanhou esse pensamento. Vergueiro explicou o processo como uma “transição de mentalidade”, ou seja, uma saída da visão apenas de risco e retorno e o início de questionamentos como: “qual é o legado que eu quero deixar?” “O que o meu recurso tá fomentando?” “O que estou deixando no mundo?”.

Em outras palavras, no Brasil, a ideia está em trazer, além da rentabilidade atrativa, os tipos de negócios que o investidor está fomentando e o empreendedor está gerando.

Para Marcos di Tullio, a mudança de pensamento marca a evolução dos tempos. “A nova geração é mais ligada em aspectos ambientais do que as anteriores. Então o consumidor hoje está preocupado de onde vem o produto e qual o impacto ambiental que ele produz. O candidato quer saber o propósito da empresa e não só o seu salário.” E completou, “as empresas que não se atentarem aos conceitos socioambientais, correm o risco de sumir ao longo do tempo.”

Marcos também usa como exemplo os frigoríficos, que podem se enganar se adotarem o pensamento de que as pessoas vão continuar comendo carne do mesmo jeito que hoje, sem questionar as práticas que são realizadas no processo de criação dos animais. Ele cita que muitos da nova geração estão virando veganos e uma parte delas porque o animal sofre no processo. “Você vê algumas empresas de frigoríficos já investindo em carne sintética. Uma empresa que está fazendo esse movimento, tem chance de mudar a forma de atuação lá na frente.”, diz ele acrescentando que se a empresa se nega a acreditar que as coisas podem mudar, ela corre um risco existencial.

Por fim, as práticas ESG vão continuar sendo um diferencial, além de se tornarem essenciais no território brasileiro com o passar dos anos. Sendo assim, o ideal é que as empresas estejam abertas a diversificar o seu negócio, respeitando fatores importantes para a sociedade e o planeta.

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Expert XP 2022: o futuro pelo olhar de quem transforma
O maior evento de investimentos do mundo, a Expert XP 2022, aconteceu entre os dias 3 e 4 de agosto....
A Selic aumentou! Entenda os desdobramentos
Após 11 altas consecutivas, a Selic aumentou novamente nesta quarta-feira (3). A reunião do Comitê de...
Serena Williams vai participar da Expert XP 2022
Serena Williams, uma das maiores tenistas femininas da história, vai participar da Expert 2022, principal...
Descubra se sua declaração do IR caiu na malha fina e o que você deve fazer
Passado o prazo final para a entrega da declaração de Imposto de Renda, é normal que muitos contribuintes...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados