fbpx
Índice do artigo
o que é mercado fracionário?

De modo geral, a maioria das pessoas considera o mercado financeiro coisa de gente que tem bastante patrimônio para aplicar. Mas isso não é verdade e podemos provar!

Na verdade, existem algumas opções que abrangem ao público de investidores com menos capital disponível para aplicar no mercado financeiro. Na prática, são opções mais acessíveis e democratizadas. Foi pensando nisso, que o tema deste artigo é sobre o mercado fracionário, que é voltado para quem quer investir em ações, mas tem um montante mais singelo.

 

O que é mercado fracionário?

O mercado fracionário é o ambiente em que as ações permitem ser negociadas sem a obrigatoriedade de um lote mínimo. Mas como assim? Primeiro, vale explicar que no mercado de ações os ativos são adquiridos em lotes de, por exemplo, 100, 200, 300 ou mais ativos.

Já no mercado fracionário, o investidor tem a possibilidade de comprar apenas uma parte desse lote, que é um número bem menor de ativos do que no mercado de ações. Ele escolhe a quantidade que ele pode ou quer obter. Por esse motivo, é um local propício para acionistas iniciantes.

 

Como adquirir ativos desse mercado?

Antes de tudo é fundamental que você saiba reconhecer essas ações. Isto é, elas são representadas pela letra F ao final dos chamados tickers – que no bom português, são os códigos que os ativos recebem para serem localizados no momento da compra. Nesse caso, alguns exemplos de ações fracionárias são:

 

Diferença entre o mercado fracionário e o mercado integral

A diferença entre esses mercados pode ser percebida a partir do nome que cada um deles recebe. Ou seja, no fracionário o investidor compra uma parte de ações que julga melhor, podendo variar entre 1 e 99 ativos.

Já no integral, os lotes devem ser vendidos por inteiro, a partir de 100 ativos por compra. Logo, a principal diferença entre eles está no volume de ações que são negociadas em cada uma dessas transações. Além disso, eles funcionam de maneira independente um do outro.

Vale ressaltar que o mercado fracionário possui uma baixa liquidez quando comparado ao integral. Dessa forma, se a intenção do investidor é uma aplicação de curto prazo, ele não é uma escolha muito adequada.

 

Conclusão

O mercado fracionário é uma modalidade de investimento que oferece ao investidor a alternativa de aplicar em ações, mesmo sem possuir um montante significativo de capital. Além disso, também é uma aplicação que atrai investidores que querem iniciar no mundo da renda variável, mas começando aos poucos.

Antes de optar por qualquer forma de rentabilizar o seu dinheiro, procure por especialistas, o assessor de investimento é um deles, que pode auxiliar em todo esse processo. E não esqueça de entender sobre o funcionamento da Bolsa, de traçar objetivos claros e determinar o seu perfil de investidor.

Quer saber mais sobre investimentos?

Compartilhar:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *