fbpx

Onde a gasolina é mais barata no Brasil?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print
Gasolina
Foto: Pixabay

Um ano novo é tempo de transformação, mas nem toda mudança vem para o bem: em janeiro deste ano, a gasolina ultrapassou a marca de R$8 por litro em diversos Estados brasileiros.

No fim de março, o combustível ainda flutuava em preços muito elevados. Em Teresina, por exemplo, o litro fechou próximo de R$8,15, alta de 40% ao ano.

Mas, afinal, onde a gasolina é mais barata no Brasil? E por que há uma diferença tão significativa entre regiões? Leia mais sobre o assunto e veja qual é a parte do País em que os motoristas sofrem menos para abastecer o carro.

Onde é a gasolina mais barata do Brasil?

Atualmente, o preço da gasolina mais barata do Brasil é no Amapá. Em contrapartida, a gasolina mais cara do país está no Piauí.

 

Amapá
A gasolina mais barata do Brasil fica no extremo norte do País, no Amapá. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

 

Amapá tem o combustível mais barato

Se depender apenas do valor do combustível, é dos amapaenses o título de “motoristas mais felizes do Brasil”. Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio de revenda de gasolina no período de 20 a 26 de março foi R$ 6,32.

Mesmo com aumento de 28% nos últimos 12 meses, o montante é menor do que outros locais pagavam antes das últimas elevações.

A principal razão para o Amapá conseguir manter o preço mais baixo do País é a questão tributária.

De todos os impostos que pesam no produto (Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico — CIDE, Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público/Programa Integração Social — PIS/PASEP, Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social — COFINS e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços — ICMS), o último é o mais salgado.

No Amapá, o governo trabalha com a alíquota de 25% no ICMS; outros Estados aplicam 34%.

Além disso, o governo do Amapá conseguiu desonerar os impostos federais sobre o etanol por conta de um acordo referente à Área de Livre Comércio de Macapá e Santana (ALCMS), o que impacta a dinâmica total de preço dos combustíveis.

Isso é bom para o motorista e bom para a economia da região, que ganha volume e permite a geração de emprego e renda.

Piauí tem o combustível mais caro

O Piauí ocupa o polo oposto na mensuração do preço da gasolina no mesmo período. A média do litro no estado foi de R$ 8,07. Em relação ao mês anterior, o salto foi de 20%.

Em termos práticos, enquanto um motorista amapaense enche um tanque de 40 litros por R$ 252,80, o piauiense não chega a 32 litros com o mesmo valor.

Estados brasileiros com gasolina mais barata

Gráfico
(Fonte: ANP/Reprodução)

 

Entre o Amapá e o Piauí, há 25 estados tentando lidar com a taxa inflacionária, a política tributária e outros elementos que pressionam o preço da gasolina.

Confira um ranking da ANP com o preço médio da gasolina em cada Estado:

1º Amapá: R$ 6,32
2º São Paulo: R$ 6,85
3º Rio Grande do Sul: R$ 6,90
4º Mato Grosso: R$ 6,98
5º Mato Grosso do Sul: R$ 7
6º Santa Catarina: R$ 7,02
7º Paraíba: R$ 7,02
8º Roraima: R$ 7,07
9º Alagoas: R$ 7,16
10º Maranhão: R$ 7,18
11º Distrito Federal: R$ 7,22
12º Paraná: R$ 7,25
13º Pernambuco: R$ 7,25
14º Amazonas: R$ 7,31
15º Bahia: R$ 7,32
16º Espírito Santo: R$ 7,32
17º Sergipe: R$ 7,35
18º Pará: R$ 7,38
19º Goiás: R$ 7,38
20º Rondônia: R$ 7,39
21º Tocantins: R$ 7,51
22º Ceará: R$ 7,52
23º Minas Gerais: R$ 7,53
24º Acre: R$ 7,53
25º Rio de Janeiro: R$ 7,69
26º Rio Grande do Norte: R$ 7,85
27º Piauí: R$ 8,07

Por que o preço da gasolina varia conforme o Estado?

Cana-de-açúcar
A performance da safra de cana-de-açúcar é uma variável fundamental para a composição do preço da gasolina. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

 

Existe uma série de razões para que o preço da gasolina varie tanto de acordo com os estados. Confira as principais.

1. Impostos estaduais

Os impostos mais altos na composição do preço da gasolina são estaduais. O principal deles é o ICMS, que impacta de 25% a 34% no valor da gasolina. Assim, quanto maior é a carga tributária, mais caro fica abastecer o carro.

Os impostos federais e a política de preços da Petrobras também são fatores cruciais para a dinâmica de precificação da gasolina, mas elas não interferem na variação dentro do território, já que se aplicam a todos os Estados.

2. Preço do álcool

No Brasil, de 18% a 27% da gasolina são compostos de etanol. Além disso, quanto mais caro estiver o álcool, mais gente vai procurar a gasolina, alimentando a inflação do produto.

São Paulo é um bom exemplo dessa dinâmica.

“Pelo fato de a produção do etanol estar concentrada no Estado de São Paulo, a gasolina tende a ser mais barata na região”, comenta Pablo Aurelio Lacerda Pinto, professor de Economia da Universidade de Pernambuco (UPE).

3. Política de distribuição e revenda

Lacerda Pinto lembra também que, no setor de distribuição, três empresas (BR Distribuidora, Ipiranga e Raízen) têm 60% do controle do mercado.

Além disso, na revenda ao consumidor final, existem contratos de exclusividade por bandeira, em que os postos se associam exclusivamente a determinada distribuidora.

Pesa também nesse ponto o fator logístico. O Brasil tem dimensões continentais, então os locais mais distantes pagam mais caro pelo custo do transporte da gasolina.

 

Veja mais:

Alta dos combustíveis: como funciona a precificação e os impactos na inflação

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
BlackRock: as 4 tendências que podem fazer o mercado de ETFs triplicar
A indústria global de ETFs (Exchange Traded Funds) está a caminho de triplicar de tamanho. Se há vinte...
Inflação medida pelo IGP-10 em maio vem menor que mediana com deflação no atacado de agropecuários
O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) desacelerou a +0,10% em maio, após ter aumentado +2,48%...
Primeiro índice de empresas do agronegócio vai estrear nesta segunda-feira na B3
A B3 vai estrear nesta segunda-feira (16) o primeiro índice com temática agro, que vai acompanhar o desempenho...
Dólar sobe reagindo a sinais de desaceleração da China e Europa
O Dólar opera em alta moderada na manhã desta segunda-feira, 16, após cair na sexta-feira. O mercado...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados