fbpx

Quanto rende R$1 milhão na poupança?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Índice do artigo

Poupança
Foto: Pixabay

Com a taxa básica de juros a 12,75% ao ano e a inflação nas alturas, entender quanto rende R$ 1 milhão na poupança é fundamental para o investidor saber se está ganhando ou perdendo dinheiro. Apesar de existirem opções mais atrativas no mercado, a aplicação ainda domina a preferência dos brasileiros na hora de investir, independentemente da classe social.

Como funciona o rendimento da poupança?

A forma como o rendimento da caderneta de poupança é calculado foi modificada há 10 anos, quando foram criados dois tipos de remuneração de juros. Os depósitos realizados até o dia 3 de maio de 2012 são remunerados em 0,5% ao mês (ou 6,17% ao ano) mais a Taxa Referência (TR), que está atualmente zerada.

Já os depósitos após essa data, além da TR, são remunerados conforme a meta da taxa Selic:

  • Quando a taxa básica de juros for superior a 8,5% ao ano, os juros da poupança são de 0,5% ao mês;
  • Quando a taxa básica de juros estiver abaixo de 8,5% ao ano, a remuneração é de 70% da Selic, calculada de forma mensal.

 

“Diferente de alguns investimentos, a poupança só rende de mês em mês”, diz Graziela Fortunato, professora do IAG — Escola de Negócios da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). O rendimento é aplicado na “data de aniversário” da caderneta, isto é, no dia do mês da abertura da conta. Se o recurso for sacado antes da data de remuneração, o investidor perde os juros mensais.

Quanto rende R$1 milhão na poupança hoje?

O cálculo de quanto rende R$ 1 milhão na poupança hoje independe da data do depósito, devido ao patamar atual da Selic. O valor rende R$ 5 mil por mês ou R$ 61,7 mil em um ano. Esse é o rendimento nominal, ou seja, desconsidera os efeitos da inflação na redução do poder de compra do investidor.

Quando considerado o índice inflacionário projetado pelos economistas para 2022, de 7% ao ano, o rendimento real da aplicação é negativo, ficando em -1,2% ao ano. Na prática, isso significa que o titular da caderneta perderá dinheiro. “Nesse cenário, infelizmente, a poupança não é um bom investimento”, afirma Fortunato.

Melhores opções de investimento de baixo risco

Como alternativa à poupança, o investidor pode buscar opções como os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) ou as aplicações do Tesouro Direto. “Com um risco bem pequeno, esses investimentos rendem mais do que a inflação”, diz a professora. No entanto, é preciso lembrar da cobrança do Imposto de Renda no momento do resgate.

O CDB é uma aplicação de Renda Fixa oferecida por instituições financeiras com uma remuneração vinculada à taxa de Certificado de Depósito Interbancário (CDI). Um CDB com 100% de CDI, por exemplo, acompanha a remuneração anual de juros da taxa Selic.

Já o Tesouro Direto é um título de dívida emitido pelo governo federal. Existem diversas modalidades da aplicação, com remuneração prefixada, pós-fixada ou atrelada a índices econômicos. As opções que aplicam o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mais uma taxa fixa de juros garantem sempre um rendimento real.

Como viver de Renda Passiva com R$ 1 milhão?

Se o objetivo do investidor é ter uma Renda Passiva, ou seja, um ganho adicional com R$ 1 milhão aplicado, a situação é mais complexa. “É preciso assumir mais riscos, pois os investimentos que oferecem esse tipo de remuneração são de Renda Variável“, diz Fortunato.

Os dois principais produtos financeiros para esse cenário são os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) e as Ações que pagam dividendos. “Não podemos comparar a poupança com esses dois investimentos”, alertou a professora. Os produtos de Renda Variável podem ter rendimento negativo e levar a prejuízos dependendo do contexto.

 

Veja mais:

O que é Renda Passiva e como calcular

 

Quer saber mais sobre investimentos?

Você pode gostar
Milionários na Poupança: pesquisa mostra que há 24 mil cadernetas com mais de R$1 milhão
Em pleno 2022, a Caderneta de Poupança segue sendo tradicional e queridinha dos brasileiros. Ainda que...
Caí no golpe do PIX: e agora?
O PIX foi criado em novembro de 2020 e rapidamente caiu no gosto dos brasileiros. Mais de 1 bilhão de...
Planejamento financeiro tem de ser feito de acordo com sua realidade
As redes sociais TikTok, YouTube e Instagram invadiram a vida das pessoas. Porém, essas ferramentas e...
Conheça a empresa Arezzo
Calçados e acessórios são febres entre o público feminino, e há quem diga que o ponto fraco delas esteja...
Navegue pelo site
Siga nas redes sociais
Cadastre-se na Newsletter

O portal www.aprendaainvestir.com.br é de propriedade BANKRIO FINANCIAL HOLDING LTDA (CNPJ/MF nº 33.935.936/0001-63). Apesar da empresa estar sob o controle comum, os executivos responsáveis tecnicamente são totalmente independentes, sendo que estes na função da execução de suas atividades não exercem nenhuma atividade conflitante. Desta forma, os conteúdos vinculados no site são de caráter exclusivamente informativo, não sofrendo, de qualquer aspecto, influência de decisões comerciais e de negócios de outras sociedades, sendo os mesmos produzidos de acordo com o juízo de valor e as convicções da equipe técnica. Ao preencher algum formulário, você aceita compartilhar os seus dados de contato com as empresas controladas pelo grupo.

© 2021 | Todos os direitos reservados